Após farra de vereadores com o dinheiro do povo; Câmara de Rio Claro coloca "teto de gastos"

Divulgado em 22/06/2022 - 07:00 por portoferreirahoje

A Câmara Municipal de Rio Claro (SP) aprovou por unanimidade, na segunda-feira (20), um projeto de resolução que colocou o limite máximo de R$ 300 por dia com despesas de hospedagens.

O projeto foi apresentado depois que 6 parlamentares da casa, acompanhados de assessores, além do jornalista institucional, o assessor de apoio legislativo e o diretor geral da Câmara fizeram uma viagem de 5 dias para o Guarujá (SP) e gastaram  quase R$ 80.000,00 com "hospedagem diárias"

Desmazelo com o Dinheiro do contribuinte

Para se ter uma ideia da farrra: "5 assessores legislativos e 3 funcionários da Câmara viajaram para o litoral para participar do 5º Conexidades Encontro Nacional de Parceiros Públicos e Privados, e ficarem hospedados no Casa Grande Hotel Resort & Spa, com diárias, em média, de R$ 1 mil."

dados do Portal Transparência

Segundo o Portal da Transparência da Câmara de Rio Claro, foram gastos R$ 44.435 com hospedagem de 14 pessoas. Além disso, cada pessoa recebeu um adiantamento de diárias entre R$ 1,2 mil a R$ 3 mil para arcar com custos de refeições. No total, os custos com a viagem podem chegar a R$ 73.535, caso todos os valores adiantados de diárias sejam comprovados por meio de notas fiscais.

Veja mais sobre o assunto acessando esse link.

Fonte: g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/



91109110