Pirassununga: Polícia Militar e Guarda Civil Municipal em “Operação Paz e Proteção Integrada”

Divulgado em 20/02/2022 - 11:00 por portoferreirahoje

Desde que assumiu o comando da 3ª Cia. PM (Pirassununga), do 36º BPM/I, o Capitão Anversa sinalizou que os projetos sociais teriam continuidade, buscando sempre o fortalecimento e parcerias para os mesmos, fator este que está acontecendo.  

Social: Os projetos sociais que começaram há muitos anos dentro do “ceio” da Polícia Militar de Pirassununga e, que cresce no dia a dia, ano a ano, terá continuidade, disse o comandante Anversa. 

Irmandade: Em suas primeiras entrevistas ao repórter Ademir Naressi, o Capitão Anversa disse que traz consigo experiências positivas durante seu comando em outras unidades da PM, como por exemplo Sana Bárbara D’ Oeste e Araras, unindo as nas ações as Guardas Civis Municipais, Polícia Civil e organismos de fiscalização do município, sempre, tendo como objetivo principal o bem estar da população, das pessoas de bens, dos comerciantes, empresários e sociedade em geral. 

“Operação PM e PC": Na segunda semana do mês de fevereiro, cerca de um mês a frente do comando da 3ª Cia., diante demanda e Mandados de Buscas e Apreensões, por parte da Polícia Civil Judiciária, com homens do 10º BAEP (Piracicaba), viaturas de Força Tática (de Companhias do 36º BPM/I), juntamente com a delegada chefe da PCJ, Tatiane Cristina Parizotto, que contou com apoio da Delegacia Seccional de Limeira e do DEINTER – 9 (Piracicaba), obtiveram 99% de êxito. 

Operação Paz e Proteção Integrada: Nesta terceira semana, ou seja, na noite de sábado, 19, antecedendo a semana de carnaval o Capitão PM Anversa desencadeou mais uma ação denominada “Operação Paz e Proteção” em conjunto com a Guarda Civil Municipal pela Avenida Newton Prado e imediações, bem como pelos bairros do Cerrado de Emas, zona leste, zona norte entre outros. 

Foram empregados na “Operação” homes do policiamento territorial, do BAEP e da Guarda Civil Municipal, totalizando 14 viaturas de (4) rodas e sete (2) rodas, sendo duas da PM e cinco da GCM. A “Operação Paz e Proteção” teve como objetivo a fiscalização de condutores suspeitos de dirigir sob efeito de álcool e saturação para evitar desordens e perturbação do sossego. 

Parte da ação conjunta entre as forças de segurança da cidade foi acompanhada pelo prefeito municipal, Dr. José Carlos Mantovani (sem partido). O Major PM Faccádio, operacional do 36º BPM/I, o Capitão PM Anversa e o comandante da GCM, sub inspetor Da Silva, acompanharam a ação até o seu final, isto por volta das 02h00 da madrugada deste domingo, 20.

Por Antonio Naressi - Reporter Naressi 

 



91109110